30 dezembro 2009

Ano Novo, Vida Nova!

FELIZ VIDA NOVA
 de Tim Archer


Todo mundo gosta de coisas novas. Se você não acreditar, olhe ao seu
redor para toda a propaganda que se vê. Produto novo. Fórmula nova.
Olhar novo. Visual novo. Gosto novo. Novo e melhor. Absolutamente
novo.

Pessoas adoram o cheiro de um carro novo. A maioria de nós sequer
sabemos como aquele cheiro é. Alguns cientistas dizem que as
substâncias químicas que compõem aquele cheiro são potencialmente
prejudiciais a nós! Mesmo assim, gostamos de desfrutar daquele aroma
que diz “Novo!” para nossos sentidos. Na realidade, as pessoas gostam
tanto disso que você pode comprar “Cheiro de Carro Novo” engarrafado
para borrifar em seu carro não-tão-novo-assim, só para enganar o seu
nariz.

Por alguma razão, gostamos também do ano novo. Há a promessa de um
novo começo. Ganhamos uma agenda nova só esperando que façamos a
nossa marca. Pelo menos, assim parece. Em algum momento, no entanto,
descobrimos que virando a página num calendário realmente não muda
nossas vidas. Os problemas que estavam lá no ano anterior não
desaparecem num passe de mágica quando o relógio toca meia-noite na
véspera do Ano novo. É um ano novo, mas somos as mesmas pessoas de
antes, vivendo as mesmas vidas de antes.

Eu quero um começo novo. Eu não quero “Cheiro de Vida Nova” borrifado
em minha velha vida; Eu quero um verdadeiro novo começo. E eu sei
onde encontrar. O apóstolo Paulo escreveu: “Se alguém está em Cristo,
é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram
coisas novas!” (2 Coríntios 5:17). Em outra carta, ele falou para os
cristãos em Roma: “Portanto, fomos sepultados com ele na morte por
meio do batismo, a fim de que, assim como Cristo foi ressuscitado dos
mortos mediante a glória do Pai, também nós vivamos uma vida nova.”
(“Romanos 6:4). Deus não só borrifa um cheiro novo numa velha vida.
Ele nos permite nascer novamente, enquanto nos dá uma vida
completamente nova. O velho faleceu; o novo veio.

Aqueles entre nós que estão em Cristo também podem receber aquele
novo começo. O apóstolo João escreveu: “Se, porém, andarmos na luz,
como ele está na luz, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de
Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado.” (1 João 1:7). Jesus
me purifica, limpa minha agenda, perdoa meus pecados e me permite
começar tudo de novo. Continuamente. Enquanto eu ficar em contato com
ele.

 Esta é a época do ano quando as pessoas desejam um feliz ano
novo uns para com os outros. Em vez disso, eu gostaria de lhe desejar
uma feliz vida nova, vida nova em Cristo. 



extraído de V I D A   E M   C R I S T O
    - http://www.iluminalma.com -

09 dezembro 2009

Episódio 6: Experiências com Deus

Pode até parecer mentira, mas existem pessoas que não sabem e talvez nem queiram ter experiências com Deus. Quando comecei a procurar isso em minha vida, mudei minha opinião sobre muita coisa. Vamos ver alguns fatos que nos motivaram e podem motivar vocês a isso. 
Tudo começa com sonhos. Isso mesmo. Sonhos. Sabe aquela pessoa que viaja em tudo, que sempre te ajuda a viajar, que está com a mente a todo vapor? Então esta é uma pessoa muito propícia a experimentar o melhor de Deus. Onde Deus está, há criatividade, há novidade de vida. Então, pessoas criativas tem Deus? não necessariamente.
Mas a equipe anda muito  presa, travada. Por mais que eu peça pra se soltar, não flue. Então chamei o pessoal pra uma reunião rápida pra tratar disso. Após varios minutos, percebi que ninguém gosta de ser criticado, e muito menos face a face. Tenter contornar, trazer o que foi falado como uma sugestão, mostrar vídeos de grandes equipes e não foi o suficiente para convencer. Orei, orei, orei. Mas acho que estava fazendo algo errado, então comecei a perguntar a pessoas por ai. Em conversas informais. Normalmente com pessoas de outras igrejas, outros líderes de louvor. E após um tempo, cheguei a conclusão que não adianta querermos que nossos parentes e amigos estejam por perto e para tal sejam da equipe de louvor. A salvação é individual. Então pensei em fazer algo que eu imaginava que seria bastante egoista: "Seguir uma visão que Deus tinha me dado" em um episódio anterior. Senti muitas dores, pesos nos ombros, mas Deus começou a responder minhas orações quase que instantaneamente. Orava, perguntava e alguém me trazia a resposta de Deus. Talvez quem me trazia as respostas de Deus nem soubesse das minahs aflições, mas eu sabia, e na hora Deus confirmava. É como se Ele mesmo falasse e estivesse balançando a cabeça em sinal de afirmação. Durante muitas vezes eu ficava atônito, sem saber o que falar, sem saber se eu dizia: Obrigado Senhor, ou se agradecia a pessoa, mas ela nao entenderia nada. Minha mente entrava em parafuso. Durante algumas vezes Deus me respondeu com cerca de minutos. Isso pra mim era até um pouco difícil de se saber levar. Eu confesso isso.
Minha vida havia mudado e eu não havida dado conta. "Piadas picantes" e coisas do tipo já não me faziam rir. Eu estava entrando num rumo que talvez não tivesse mais volta. Conversava com o grupo pra tentar alertá-los sobre a apostasia, sobre a democracia do grupo, e não tinha resultado. Já estava chegando ao meu ápice de busca por algo que eu não poderia dar a eles. Chegou uma hora que eu não poderia fazer nada por eles. Eu tentava mas não conseguia. procurava de todas as formas, mas não é possivel saciar a fome daquele que não quer comer. Cheguei a chorar por várias vezes e pedia a Deus que me auxiliasse de alguma maneira para que eles não ficassem pra traz. Mas desta vez, a resposta que tive foi um tanto diferente da resposta que eu esperava. 
Quando Deus te responde algo bom, da maneira que você espera é muito gostoso ne? até o não de Deus é gostoso. Mas quando Ele te diz: "Faça isso, desta forma", o choque é bem grande. A resposta que tive de Deus foi: VOE.
Fiquei pensando. Será que Ele quer que eu vá sozinho? sem a equipe? Então, desesperado, voltei a orar.
E Deus tem momentos que Ele fala, e outros que Ele espera. E chegou a hora de "silêncio do rádio". Comecei até a me desesperar. Fiquei um tempo sem ouvir da voz Dele. Comecei me afastando do microfone, com a desculpa de organizar o audio, fiquei no louvor de Quinta feira apenas. Até minhas leituras diárias, não fazia mais. E nem escrevi aqui, porque não tinha o que passar. Estava vazio.
Passei várias semanas assim. Sem vontade, apenas observando e querendo saber o "para que" de Deus nesse momento. Então após muito tempo, Deus me falou novamente. 
Eu estava em um show e após algumas ministrações de oração e profecias o pastor falou assim: 

Você que está aí em cima. Se você pensa que Deus não está te vendo, Ele diz que te vê. Siga teus sonhos, que são os sonhos de Deus. Ele tem algo muito grande para te entregar, mas você tem que seguir os planos, siga os sonhos.
Fiquei pasmo. a poucos segundos antes eu havia pensado: Ele vai profetizar apenas pro pessoal que está lá perto, ele nem vai me ver aqui. Na hora fiquei todo arrepiado, comecei a orar e sentir a presença de Deus de uma forma que nunca havia sentido. Orei mais intensamente, pensei em muitas coisas e voltei a sonhar com meu ministério. Chorei. Ajoelhei e chorei. Pedindo perdão por ser tão fraco e incapaz. Mas me coloquei na presença novamente.  Me debrucei no altar de Deus. Queria entrar no santo dos santos e ficar alí para sempre. A presença de Deus é muito gostosa. Ela te renova a cada manhã. Deus é muito bom!

Não perca o próximo episódio: O reencontro com o Muro
Nesta semana leia: João 3 : 14 - 17
___________________________________________
Leia um  vale a pena: Clique aqui e escolha

25 novembro 2009

Episódio 5: Por que?


Esta semana foi bem longa. Pessoas que amamos estão felizes, outras pessoas estão mais felizes ainda. Cristo tem trabalhado de uma forma imensa em nossa igreja. 
Consigo perceber que pessoas começaram a ouvir a Deus. Além de buscar, estão deixando Deus agir. Isso é ótimo. Deus é tão poderoso e bom, que nós mesmos, somos os responsáveis pela nossa falta de bençãos e prosperidade. Porque? Vou explicar:
Por muito tempo, eu fui um adolescente que era convencido do poder de Deus. Eu apenas seguia a Jesus. Sabia que era poderoso, que poderia fazer milagres, mas não acreditava que isso poderia ser feito através de mim. Em umas conversas com missionários, pastores e Líderes aprendi que Deus quer usar a nós para fazer a obra Dele. Se não quisesse, Ele já teria mandado os anjos para realizar a evangelização.
Então, desde que assumi o ministério de Louvor, tenho trabalhado e me empenhado a ler, estudar e orar. Estou buscando praticar a palavra de Deus. Torná-la real em minha vida. Tornar a Palavra de Deus a minha principal atividade é o meu sonho. E estou buscando isso.
Busco tentando ler mais, estudar mais a bíblia, ou seja, não apenas ler e fazer uma provinha, mas ler e meditar, entender, tirar lições de cada texto. E a cada sonho que tenho, oro mais a Deus para que não sejam meus sonhos, mas sim os sonhos do Senhor!
Num certo dia, quando começou a "chover", perguntei a Deus: Por que, Senhor?
Poucos dias depois, assistia atentamente a ministração da palavra e Deus me respondeu. Ele Disse: Não me pergunte o porque, e sim o Para Que!
Fiquei sem entender, "para que?", como assim? foi quando ouvi da pregação do pastor: Não fique se perguntando o porque das coisas, pergunte a Deus o Para que, Ele permitiu esta situação. Mas preste atenção, a resposta pode te colocar para trabalhar, você está disposto?
Fiquei pensando sobre isso durante um tempo e tomei a decisão de apenas perguntar o "para que" das coisas, e isso foi muito importante. A cada nova situação que era colocada a solucionar, eu recebia a resposta divina do "para que", e a ação a ser tomada é sobre a visão que Cristo nos passa.
Experimente você a colocar isso em prática: Ao invés de usar o Porque, use o Para que!


Não perca o próximo episódio: Experiências Com Deus
Nesta semana leia: Romanos 5 : 4
___________________________________________
Leia um livro vale a pena: Clique aqui e escolha

19 novembro 2009

Hillsong UNITED tour'09 - SP


BRAZIL from Hillsong United on Vimeo.



Ainda estou me recuperando deste dia. Um grande dia, um grande culto com grandes encontros e reencontros.
Pessoas se entregaram a Cristo. Outras se reconciliaram, outras começaram a profetizar. E Deus esteve presente nesta noite.

Nesta semana leia: 1 Coríntios 14:4
___________________________________________
Leia um livro vale a pena: Clique aqui e escolha

11 novembro 2009

Episódio 4: A Grande Decisão

O tempo passa, as coisas acontecem e novidades temos que buscar. Então vou contar a vocês minha busca por uma novidade na equipe.
Eu já havia evoluído bastante na ministração de músicas e de louvor quando aconteceu. Estávamos andando muito bem com os ensaios de sexta e eu como sempre estava passando tudo o que li e aprendi em pouco tempo, mas em muita dedicação.
A Jullyhp e eu, concordamos que ainda temos que evoluir e estávamos pensando como realizar isso. Como fazer para evoluir, antes de gravar um CD. Então pensamos em melhorar os equipamentos e as nossas posições, formas de cantar e tocar, visando ser levitas que agradem a Deus, dando o melhor. Porém se todos tem essa visão (Ser grande), todos alcançam juntos. Com suor e lágrimas. Porém se existem pessoas acomodadas, e que querem apenas estar num lugar para que a família não a condene, sua vida como ministro será um pouco mais difícil. Mesmo assim, pensamos e trouxemos idéias.
Cantar no momento do louvor é relativamente fácil. A compreensão de levar as pessoas a adorar é algo um pouco mais complexo. E pensando nisso, disse aos vocais que ministrassem as músicas. Cada um ministra uma música e não fica algo monótono e nem problemático para ninguém. Discutimos que precisavamos falar algo no contexto da música, e que no momento da unção, nós sentiríamos o que falar. Pedi que avisassem o instrumental os momentos que as músicas voltam e para que parte irá voltar e nos momentos de expontâneo, se a música voltar a alguma estrofe, declamar uma parte, assim não seria necessário "ensaiar um expontâneo".
Com muitas dicas assim, imaginei que todas as pessoas pelo menos tentariam colocar em prática. Mas como eu sempre acredito demais, sofri outra decepção.
Então aprendi que: A vergonha é a pior característica de um cristão.
Para pensar mais sobre o assunto convidei varias pessoas a preencherem minha cadeira por um dia para conversar com o pessoal e todos que ministraram a esta equipe, seja tecnicamente ou espiritualmente disseram a mesma coisa. O impressionante é que não comentei sobre o assunto com nenhum dos outros palestrantes que conversaram com a equipe. Tudo bem, vamos perder a vergonha e pisar na cabeça do Diabo. Não importa quanto tempo demore, faremos isso. Ainda este ano.
Mesmo com todas as dificuldades, estamos a frente de muitos e nos sentíamos muito felizes. Nesta altura do campeonato, acreditava que somente Cristo poderia nos parar. E a altivez da minha pessoa tornou a equipe frágil. A segurança e a motivação que passava, apenas alimentava o ego do grupo e não transmitia uma presença Divina.
Eu, quem vos escrevo, sou um novo ministro, ou um ministro novo que busca a perfeição da Adoração. Creio que a igreja é o corpo e não um submundo que deve ficar escondida em uma rua Deserta. Não gosto de MEGA-IGREJAS, mas AMO a palavra e creio que ainda estão por vir conversões de 5mil pessoas em uma única pregação. E sei que o noivo está a porta, não desejo estar despreparado.
Presença que mesmo eu pedindo a mesma todos os dias, não me sentia preparado. Então veio a seta em minha vida Financeira.
Trabalho, congrego e tenho familiares na cidade vizinha a que moro. E para tudo isso, utilizo de uma Benção de Deus,  Topogigio (Fiesta 2000 1,0 GNV). Uma benção do Senhor na minha vida. Porém eu não estava vigiando corretamente minhas finanças, pois minha esposa trocou de emprego, e ganhando menos, porem com menor Estresse, uma bola de neve foi criada em nossas finanças. Deixo claro que eu a intimei a largar aquele trabalho que além de afastá-la de Deus, causava uns problemas respiratórios nela.
Essa bola de neve cresceu e chegou a um ponto insustentável. Parei, refleti, orei e chorei. Mas a primeira ideia que tive para melhorar a situação financeira foi vender o carro e comprar um mais velho. Tentei, porem a quantidade de parcelas era ainda menor que o valor necessário. Então pensei em economizar na compra mensal, que caiu 15%. Economizei em muitas outras coisas que não nos era impressindivel e ainda sim não consegui chegar a um numero razoável. Então a Jullyhp trouxe a idéia: Temos que reduzir GNV, pois gastamos muito com as idas e vindas diárias, cerca de 45% do orçamento. E para reduzir isso temos que parar de ir em lugares, como cinema, shopping, feiras. Temos que ficar mais tempo na casa dos pais e por ultimo, deixar de ir ao culto de Terça e parar o ensaio de Sexta.
Um choque para mim, dias muito tristes em casa. Choro em vários locais da casa, e muita oração. Paramos os ensaios. Paramos quase que no tempo. Mas graças a Deus, nossas perguntas tem sido respondidas.
Não perca o próximo episódio: Por que?
Nesta semana leia: 1 Pedro 5 : 7.

___________________________________________
Leia um  vale a pena: Clique aqui e escolha

03 novembro 2009

Episódio 3 - A primeira vez


Olá pessoal, esta semana foi incrível. Aconteceram coisas ótimas. Deus tem estado presente e o grupo está cada vez mais buscando a presença Dele. Estou apaixonado por este grupo.
Esta semana passou extremamente rápido. Nós da equipe tivemos algumas conversas ótimas e vi um ótimo resultado durante esta semana. Ouvi muitos elogios do grupo, dizendo que eles estão ministrando os louvores com mais atitude. Graças a Deus né? Bem, vamos ver como foi a primeira vez do songbook.
Após eu ter enviado o Songbook para todos a Jullyhp, o imprimiu e encadernou. Logo em seguida! Uma atitude bem legal. Algo que eu não esperava. Nisso o Tio pediu para ter um caderno de cânticos idêntico porque ele havia gostado.
O Tio é um personagem que me motiva muito. Ele tem muitas dificuldades e passa por problemas muito serios as vezes e por muitas vezes ele apenas Agradece a Deus pelo o que Deus tem lhe dado. Eu o vejo como um suporte ao agradecimento que o grupo deveria ter e é alguém que está motivado. Pode até não ter o dom para a música, mas ele está motivado.
 Já no ensaio, percebi uma vontade maior para tocar estas músicas novas. Só o fato do caderno ser novo, já altera a forma das pessoas pensarem sobre a música na igreja.
Após apresentar a versão impressa do caderno de cânticos, eu mostrei como deveríamos tocar e cantar através deste novo caderno.
Em nossa igreja, temos os cultos dividido por temas. Por exemplo na terça feira que o tema principal é "Vitória e Prosperidade", na quinta "Cura e Libertação" e no domingo "Culto da Familia". Então nosso caderno está dividido exatamente por estas áreas. Pra facilitar e pra tocar músicas certas nos dias certos. Bem esse é o modelo que deveríamos seguir. Mas como as musicas de vitória e prosperidade não agradam gregos e troianos, o vocal escolheu todas as músicas, de diversos temas de culto. Tudo bem, é a primeira vez e eles ainda estão aprendendo. Dessa vez passa, pois as músicas escolhidas são bonitas.
O ensaio começa depois de uma oração muito gostosa, e começa a se desenvolver, as pessoas querendo ouvir as músicas que cantariam em seguida. Anotando alterações na musica original, escutando as músicas novas com atenção, buscando ao máximo realizar um bom trabalho. No culto de domingo tocamos muito bem. Achei que estava muito bom. A equipe resolveu trabalhar, glorias a Deus! Eu todo animado, já comecei a me envolver em mais coisas como gravação dos ensaios, dos cultos, filmagem etc.
Estou empolgado, o grupo também. Deus está trabalhando. Todos participaram ativamente. Todos se empenharam. Então estou me sentindo muito bem. Com o coração em paz, tranquilo. Com a sensação de trabalho realizado com sucesso. Após acabar o culto de domingo a noite algumas pessoas me procuraram e disseram que os canticos estão com muito volume. Pensei que se tratasse das músicas estarem novas e incomodar com letras de mais unção, mais quebrantamento, mais poder. Mas o pessoal tem razão, estava alto mesmo. Sempre que cometemos um erro que não podemos concertar, temos que ao menos fazer algo para que ele não ocorra novamente. Uma das atitudes é ficar na mesa de som por alguns dias. Observar como estamos mexendo no volume, como estamos alterando as vozes. Minha maior tristeza é não ministrar. Amo fazer isso. Amo adorar. Ministrar a adoração. Isso é o que eu amo fazer. Então resolvi tocar e cantar apenas na quinta na igreja e terça em casa. :) Domingo será meu dia de aprender. Apenas cuidar daquilo que ninguém se interessa em fazer. Ainda Ninguém foi comunicado disso. Porém nos últimos tempos tenho ouvido muitas reclamações de volume. Então é hora da atitude ser tomada. Estou orando a Deus para saber qual o desejo dele sobre a minha vida e minha família.
Não perca o próximo episódio: A grande decisão.
Nesta semana leia: João 3.
___________________________________________
Leia um vale a pena: Clique aqui e escolha

26 outubro 2009

Episódio 2 - SongBook


Bem, mais uma semana se passou e com a vontade que foi expressada por cada membro da equipe no ensaio (episódio) anterior, imaginei que esta proposta seria a mais fácil de se realizar. E como o homem se engana, não é mesmo? Então lhes contarei como foi.
Um belo dia, quando todos estavam já criando um certo cansaço das músicas que estávamos cantando, pois alguns já imaginavam que não precisava ensaiar as músicas, pois as cantávamos todos os dias, durante anos. Então ao escolher alguns cânticos para cantarmos no domingo a patricinha disse: Não tem umas músicas novas, atuais que agente poderia trocar pelo cântico "Deus é o meu refúgio"? No momento imaginei: Este é o momento de usar a vontade que eles estão e deixá-los criar um caderno de cânticos novo. Então convoquei o grupo para agente pensar na melhor forma de montar um caderno de músicas. Foram dadas muitas idéias, entre elas: Um caderno que fosse frente e verso, com músicas atuais e um CD contendo as músicas do caderno para todos terem como treinar em casa. Eu me apaixonei pelo grupo!
Então pedi a patricinha pra escolher algumas músicas, e o pessoal do instrumental e que conforme formos escolhendo algumas músicas, já vamos ensaiando essas músicas na sexta feira. E a primeira semana estava uma maravilha Até a 4 semana, ok. As demais foram tortura. Eu procurando todos os Cds possíveis de 2005 em diante que tivesse músicas que se enquadrassem nos cultos que temos. Enquanto os demais, começaram a parar. Foi uma semana, 2 semanas, 3 meses, 5 meses. Então pensei: Já é hora de caminhar né. Chamei uma garota para me ajudar e convoquei minha esposa. As duas chegaram a me mandar varias músicas, e coloquei no índice e já separei 2 cifras de cada música. Uma coisa bem trabalhosa, mas que renderá frutos.
Mais uma vez pedi um trabalho a Patricinha: Pegar os links das cifras que eu havia encontrado e colocar todas dispostas e formatadas. Acho que não é algo muito difícil. Pedi e aí o que aconteceu? Ela fez uma parte. Bem da forma que imaginei. Fiquei muito feliz. Quase comprei um presente pra ela! Muito feliz mesmo... Dei graças a Deus e tirei um fardo de mim, pois estava procurando metodologias de ensaio, técnicas de banda, ensaio de banda, ensaio de coral. Coisas que até então, nunca tinha me preocupado. Aí fui afundo nisso. Fiz 2 DVDs com técnicas de teclado, técnicas de guitarra e técnicas de voz. Aí passei a fazer um caderno com várias matérias sobre técnicas vocais. Fiz uma apostila de estudos e treinos para guitarra. Passei um site para o baterista treinar. Então pensei, pronto, está na hora de ver as coisas andarem. E ai aconteceu. As coisas não andaram. Por mais que eu me esforçasse não conseguia fazê-los andar. E nesse tempo fiquei pensando e orando a Deus. Só pedia forças para não desanimar e vontade de crescer mais.
Os dias passaram chegou a completar 7 meses e terminamos o caderno de música. Depois disso, parei pra pensar, 7 meses poderíamos gravar músicas nossas. Criar um caderno de músicas próprias. E comecei a orar por isso.
Mesmo depois dos 7 meses com a ordem das músicas, o indice das músicas pronto, ainda não pudemos iniciar o caderno novo. Então, acho que me extressei com a situação e mandei o arquivo DOC do caderno pra todos. Queria ver se alguém falava alguma coisa. E um deles falou: "Legal gordo o caderno ficou bom".
Não me imagino sendo mais pró-ativo. E novamente, fui orar, comecei a orar mais. Comecei a demonstrar minha insatisfação com o grupo e 2 pessoas me perguntaram: Porque vc está nervoso com agente hoje? Eu não desabei nelas porque sabia que a culpa toda não era delas. Era a situação, o contexto. Então contei o seguinte sonho que tive:
Eu abri os olhos e estava de pé ao lado do pessoal do grupo. Só que estávamos todos acorrentados, e eu possuía uma asa branca imensa. Eu tentava voar, mas as correntes me prendiam, e não via as pessoas ao lado querendo fazer nada para sair desta situação, então ao orar um anjo apareceu, tocou as minhas correntes e disse: Voe. Eu perguntei: E eles? O anjo respondeu apenas: Voe.
Os olhos destas garotas se encheram de lágrimas e o meu também. Nunca foi tão real, algo que gostaria de fazer, mas não podia ainda pois me sentia preso a uma pedra.
Conversamos e elas disseram que não estariam mais paradas, que chamariam a atenção do anjo para que ele também as libertasse.
E eu gostaria muito de ver isso como uma verdade absoluta e que houvesse persistência da parte do grupo. Persistencia e perseverança são coisas raras, então não perca o episódio 3 - A primeira vez.
Uma passagem bíblica que marcou essa semana: João 1: 51.

___________________________________________
Leia um livro vale a pena: Clique aqui e escolha

17 outubro 2009

Episodio 1 : Ensaios Semanais



Muito bem, parece certo que qualquer equipe de louvor ensaie semanalmente, ou até algumas vezes a mais durante a semana. Então, para este grupo não é o certo. Como assim, um ensaio por mes? É, tive que perguntar isso. E não adiantou. a Paquita me disse que teria um casamento, uma festa e um concurso de beleza e não poderia vir aos ensaios.
A paquita: Esta personagem tem um temperamento muito forte e ao mesmo tempo é toda sentimental parece uma manteiga. Se você fala que azul é melhor logo esta diz, prefiro rosa. Normalmente não reclama do que a mandam fazer, apenas não faz.
Então pensamos em regras. Vamos la, para participar do ensaio é necessário vir no Estudo bíblico de louvor. Como assim perguntaram. Queriam saber quem daria este estudo. E falei, Eu Logico! O lider de louvor é sempre encarregado destas incumbências. Por vezes me sai muito bem. Por outras, fui chamado de irresponsável e chato. Mas é essa a posição, vamos fazer né.
Você ja percebeu. Aquele que lhe escreve é o "Chato". Eu dispenso apresentações. Vcs me conhecerão ao longo dos episodios.
Depois das regras, e das aulas de estudo bíblico, so faltava ensaiar. Mas como definir um bom dia para todos? Impossível. Sempre tem um que vai dizer, nesse dia tenho que ficar com o cachorro da minha tia, ou vai ter uma reunião das Fofs Queiras no mesmo horário. Então como faremos? E uma alma com um refrigério de Deus falou: Tudo bem pra todo mundo se for na sexta? Eu disse que pra mim, ok! E todos disseram que tudo bem. Alguém comentou: 2 ensaios por semana? Eu apenas acenei ao longe com a mão com sinal de positivo!
Então Definimos quando haveriam ensaios e quando haveriam estudos. Agora a parte séria: O que cada um do grupo espera da equipe e do trabalho?  A sua maioria esmagadora falou que queria estar com o grupo evangelizando o mundo através da música.
Eh Jesus, como chegar neste objetivo é dificil! Pois é. Quando falamos em evangelizar atraves da música, falamos em ir ao inferno buscar almas. Enfrentar o inimigo.
E neste dia vou dormir tranquilo imaginando que tudo estava no caminho correto e que todos iam se empenhar ao máximo para atingir os objetivos (evangelizar atraves da musica). Você crê que é capaz? Então vamos a luta. e que Deus nos ajude.
Por mais incrivel que possa parecer, fazer um caderno de músicas é algo mais critico do que parece. Nao perca no episodio 2 : SongBook
Para finalizar gostaria de deixar com Vcs um versículo que foi usado neste dia: Marcos 16:15-17
-----------------------------------------------------
Leia um livro vale a pena: Clique aqui e escolha

14 outubro 2009

Uma nova História

Pode parecer até uma INVERDADE, mas ouvi isso. Que esta geração estaria fazendo uma nova história. Estou pensando em escrever esta nova história e após algum tempo pensando nisso, resolvi. Vamos digitar.
Por mais incrivel que pareça, esta história vai conter trechos reais de personagens Irreais, porém tão realistas que todos podem encontrar alguém parecido. Um tio, irmão, cunhado. Estes personagens estarão sendo narrados dia após dia. Cada semana falando de um deles. Visto que estas aventuras acontecem normalmente nos sabados e domingos. Mas não imaginem que estes personagens são reais. Porém imaginem que as situações podem ser. E por muitas vezes Irreais e absurdas, mas sempre Reais e concretas. Sera que deu pra entender? Então a idéia deste post é bem essa, escrever uma introdução ao proximo conteúdo.
Vou contar um segredinho: Existem mais pessoas parecidas as que serão mostradas do que podemos imaginar. Até eu mesmo, me enquadro em varias das situações, varias dos momentos de extresse! Mas o que temos que pensar é que as lutas estão aí, basta Crer, que venceremos.
Fique Ligado, ainda esta semana sai o Episodio 1 : Ensaios Semanais.
Fiquem com Deus!

___________________________________________
Leia um livro vale a pena: Clique aqui e escolha

02 outubro 2009

Carta do Som do Céu


Uma carta de intenção foi assinada por um grupo de "Artistas" adoradores em abril deste ano. Após ler os pontos da carta, percebi que a maioria deles deve ser colocado em pratica. Concordemos ou não com todos ou com a forma que eles foram descritos veja os pontos a seguir e se coloque a disposição de Deus.

1. O artista cristão deve desenvolver o seu dom criativo e submetê-lo exclusivamente aos valores da Palavra de Deus;
2. Cremos que a arte, na perspectiva da graça comum, é um presente dos céus a toda humanidade e não está restrita aos cristãos;
3. Desejamos que haja coerência entre a vida, o ministério e a profissão do artista cristão, cujo discurso deve estar aliado à sua prática;
4. Esperamos que o artista cristão busque servir a Deus e à sociedade com excelência e integridade, dedicando-se ao desenvolvimento dos talentos e dos dons recebidos do alto;
5. A igreja precisa estar atenta ao artista cristão como parte do rebanho de Deus e dar a ele a atenção devida, despida de preconceitos, e oferecer-lhe pastoreio e discipulado, objetivando a sua formação espiritual e ética;
6. Esperamos que o artista cristão esteja envolvido em uma igreja local, servindo-a e amando-a como Corpo de Cristo. Deve ser rejeitada toda e qualquer tentativa de desenvolvimento de uma fé individualista e distante da comunidade;
7. Reafirmamos que a elaboração de textos e letras deve ter embasamento nos valores da Palavra de Deus;
8. Comprometemo-nos a dedicar atenção e reflexão às canções que são introduzidas no culto de adoração e nas demais atividades da igreja, buscando um repertório equilibrado e consciente e evitando, de todas as formas, que heresias e desvios teológicos adentrem sutilmente em nossas comunidades;
9. As igrejas, as instituições de ensino teológico e os artistas cristãos devem combater o ensinamento equivocado e amplamente difundido de que louvor e adoração restringem-se à musica, ensinando, por demonstração e exemplo, que se trata de um estilo de vida que envolve todas as áreas da nossa existência e que a música, assim como outras formas de arte, é expressão legítima de louvor e adoração;
10. A igreja deve agir como facilitadora na adoração e abrir espaço para que todos expressem seu louvor a Deus;
11. Esperamos que o músico cristão busque e desenvolva a santidade, vivendo uma vida piedosa, tanto no serviço prestado a Deus na igreja, quanto fora dela, em sua atividade profissional;
12. Rejeitamos a dicotomia que faz separação entre o sagrado e o secular e cria espaços estanques na vida do cristão. O Senhor Jesus é soberano e governa todas as instâncias da vida, e, por isso, devemos somente a Ele a nossa fidelidade, agradando-o em tudo e rejeitando tão-somente o que ofende a sua glória;
13. A Igreja não se pode esquivar de sua responsabilidade diante da cultura na qual está inserida; deve mentoriar a reflexão e a prática de uma teologia de arte e cultura;
14. Incentivamos as igrejas a abrir suas dependências para a realização de eventos culturais como exposições, mostras, cursos, saraus e outras atividades visando à educação, à divulgação e à aproximação da sociedade;
15. Mesmo entendendo que todo trabalho na igreja é voluntário, podemos honrar com sustento ou remuneração aqueles que se dedicam ao ministério musical, se a comunidade disponibiliza de recursos para tal;
16. Entendemos que nossa arte deve encarnar uma voz profética e manifestar em seu conteúdo os valores do Reino;
17. Recomendamos que as igrejas promovam encontros de reflexão sobre a utilização das artes no Reino de Deus, capacitando os artistas para a realização de seu trabalho;
18. Incentivamos os músicos a expressar em sua arte a beleza de Deus por meio de uma contextualização e diversidade musical;
19. Reconhecemos o caráter essencialmente transformador e questionador da nossa arte e não cremos que ela deva estar a serviço do mercado;
20. Muito embora os artistas cristãos não se devam render aos senhores da mídia, tornando-se reféns desta, podem utilizar de maneira ética os meios de comunicação como canal para a divulgação de sua arte, proclamando, assim, o Reino de Deus;
21. No que se refere ao relacionamento entre os músicos e a liderança eclesiástica, encorajamos o diálogo, o respeito e o reconhecimento mútuo de seus ministérios como algo dado por Deus;
22. Incentivamos que os artistas cristãos busquem perante o Estado e a iniciativa privada recursos para a promoção de sua arte por meio de leis de incentivo à cultura, editais para financiamento de projetos culturais etc.
23. Encorajamos as igrejas a investir na educação e na formação de artistas;
24. Propomos que as igrejas e as instituições de ensino teológico incentivem as diversas manifestações artísticas e não somente a área musical;
25. Compreendemos que o ofício de artista é legítimo como tantos outros, podendo ser exercido pelo artista cristão no mercado de trabalho e devendo ser apoiado e incentivado pelas comunidades cristãs.

Deixo os comentários livres para discussão do assunto. 
para saber mais, clique aqui (por CristianosmoCriativo)

21 setembro 2009

Ministrações Que Movem.

Existe uma grande quantidade de ministrações do DT soltas no youtube. Mas entre elas, assisti a 3 videos (uma sequencia) que me chamaram a atenção. Estava lendo um livro - Pr. Marcio Valadão - Veneno espiritual na vida do Crente - Que somado aos videos foi impactante para mim.





18 setembro 2009

Um Culto Maravilhoso


Ontem quinta feira, dia 17 de setembro de 2009, realizamos, em caráter experimental, a transmissão do nosso culto via internet em tempo real. Usamos o Justin.tv. Foi um avanço para os ideais da palavra de Deus, pois temos alguns membros de nossa igreja fora do país, no Japão e Grécia.
O fato destas pessoas estarem longe de nós, não diminue em nada o amor que sentimos pelas almas delas. Temos agora um canal, aguardando a aprovação do pastor e demais diretorias das igreja. É um novo projeto, uma nova ideia. Um novo explendor da vontade humana em transmitir a palavra do Senhor. Hoje começo a intensificar a oração pelos nossos cultos. Estou trabalhando na inserção da tecnologia no setor cristão, não faço isso pra que a minha igreja seja a melhor do bairro ou da cidade, mas porque temos a necessidade de falar de Cristo.
Não conseguimos gravar o culto todo, pois eu estava ainda tocando no louvor, depois que o louvor acabou, iniciamos a transmissão. Vamos realizar um teste transmitindo e gravando ao vivo o ensaio do louvor também. Eu ainda estou atuando nas 2 áreas sozinho - Audio de Igreja e Video na Igreja. Sou um baixista que aprendeu a tocar somente com Cristo. Treinei e hoje estou estudando musica orquestrada. Nunca tive conhecimento, mas tenho sonhos e o Google. Sempre que preciso de algo o Senhor Jesus me dá. Estou aprendendo e aos poucos vou entrando no meio para realizar a obra. Vamos orando para que pessoas se levantem e se ofereçam para ajudar. Cristo tem uma obra imensa em nossa igreja, eu posso sentir. Sei que para muitos, isso pode parecer algo pequeno, mas para nós, estamos dando um passo a ter uma igreja com estrutura.
Percebo que Deus tem me motivado para não deixar que a Pequena igreja tenha uma mente de igreja pequena. A idéia é ter uma igreja com poucas pessoas, porém com uma estrutura imensa.
Vamos orando que assim que houver a liberação vcs serão os primeiros a ver o culto gravado ao vivo.
Se alguem ai tiver algum material sobre sistemas de gravação ao vivo, entrem em contato comigo atraves dos comentários.
Abraços e Deus Abençoem vocês.

17 setembro 2009

Um início de um projeto: Gravar um CD.

Na noite de ontem, passei 4 horas gravando uma base musical para a primeira música do CD. Depois disso parei pra refletir o quanto tempo gastamos. Em 4 horas, não conseguimos gravar quase nada. Apenas a base musical (que não ficou tão boa) e o back vocal do refrão. Ah, mas tudo isso? Sim... tudo isso para tão pouco. Estava ansioso para realizar esta gravação, saber como ficaria. Mas confesso que estou agora mais ansioso ainda. :)
Percebam que comentei isso para mostrar o quanto a falta de tempo tem assolado as famílias deste nosso mundo. Percebi ontem, que ao correr o dia todo atraz de coisas, trabalho, compras, casa ao fim do dia estamos esgotados. E cada vez mais, o dia passa, o tempo passa e nós vamos fazendo cada vez menos por nós e muito menos pelas outras pessoas. Costumo ouvir: Mas eu não consigo tempo nem pra mim. Creio que quando AMAR-MOS as pessoas, teremos mais tempo para ajudar.
Quando estavamos gravando, fizemos a base musical, a primeira e a segunda estrofe. Seguindo esta ordem a coisa começou a funcionar bem. Porém antes, gravamos 3 vezes a voz completa da musica antes da base musical. Um erro na produção de um CD pode custar mais caro, mas não nos matará. Porém temos que perceber que se não planejamos as coisas na nossa vida, corremos o risco de fazer, fazer e fazer e acabar não fazendo nada.
Salmos 127:1 - SE o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela.
Quando tentamos realizar as coisas por nossa própria vontade, podem funcionar, porém, nos darão um grande trabalho. Quando Cristo está em nosso coração, Ele junto a nós, cuida de tudo e de uma maneira muito especial.
Você lembra da Vovó quando ela fazia aquele bolo, ou aquele almoço? Todos iam correndo e ainda hoje todos falam: Lembra daquele almoço na casa da vovó? Então, quando Cristo está a nossa frente, dirigindo nossos passos nós teremos dias para serem lembrados por todas as gerações posteriores. Eu costumava falar: Meu pai sempre conta que ... Hoje estou casado e agora falo: Eu vivi uma experiencia assim ... E se forem coisas que marcam nossa vida, cabe a nós transmití-la. Estou agora, transmitindo uma experiência boa: Acreditar, Crer e ter Fé.
Quando se tem fé nos Em Cristo, da mesma forma que transmito este conhecimento a todos, devemos transmitir a todos que conhecemos: fé, o amor de Cristo e o Poder do nome de Jesus.

Não se esqueçam: Com o Senhor a frente, ninguém pode derrotar seu exercito.

Abraços a Todos
Deus te Abençoe

08 setembro 2009

I-HEART REVOLUTION - w.a.i.t.t

Tradução Literal do site.

Parece um pouco irónico que uma sigla, é assim que soletra para fora .. Afinal, parece que para sempre atrás começamos a sonhar / pensar / planejar e falando sobre essa coisa chamada I-HEART. Foi inicialmente claro que teríamos necessidade de ter pessoas em viagem com a gente, afinal, estávamos em uma viagem a nós mesmos. Então, nós tomamos a abordagem "de George Lucas para contar histórias e pensei que o melhor para descompactar essa coisa na forma de uma trilogia (do tipo) - e assim nasceu o "I-Heart Revolution (A revolução do Coração)".

A primeira parcela lançada no ano passado como um CD + DVD, "With Hearts as One" foi um cruzamento instantâneo do âmbito cultural e da diversidade que existe dentro do corpo de Cristo. Ele capturou o som da nossa adoração coletiva e de nossa paixão, nosso Salvador, e ao mesmo tempo ajudou a refletir a união inseparável que deve existir em amar os outros, buscando a justiça e fazer a diferença em nosso mundo. Ele foi levado pelas canções. Era como do nada, uma introdução, um ponto de partida. Um começo ...

Que nos trazem para o agora, é o lançamento iminente da parte 2, "We're All in This Together" - peça desculpas, o documentário parte, chamada de parte a ação, o filme é uma história feita de muitas histórias, contadas por muitas vozes, nenhuma voz individual nem mais nem menos importante do que qualquer outra, mas todas as vozes trabalhando juntas para finalmente contar a história ONE - Uma história que envolve a todos, que visa captar o nosso objetivo coletivo.

E assim ... WE'RE All In This Together será oficialmente lançado em novembro. Nós estamos tomando-o em cinemas para uma noite só - a nossa oração, para que a Igreja de toda a terra estejam juntos fazendo o que for preciso para ver tantas pessoas quanto possível reunidas, ao mesmo tempo em salas de cinema em toda parte sendo agitadas e inspiradas pela mensagem de Cristo. Em última análise, aproximar o trabalho em ver as necessidades reais da humanidade colidir com um amor que só pode ser encontrado em Deus, que por definição - é o amor.

W.A.I.T.T. não é para um segundo Grupo ou CD do Hillsong UNITED .. Não servem para documentar a música e a natureza aventureira de viagem, nem foi concebido mesmo para saciar a nossa sede de se divertir .. Esta é uma última análise sobre você - é sobre todos nós .. E assim a nossa esperança é que todos nós estejamos mostrados nele .. Nós nunca tivemos um grande orçamento .. Nenhum patrocínio ou ajuda profissional .. Tem sido bem puxado por um pequeno grupo de pessoas incrivelmente altruístas e dedicadas, que incansavelmente têm dado de si e perseverando para torná-la realidade .. E a nossa oração é que todos nós como indivíduos, desempenhemos o nosso papel e levá-lo a nós mesmos para ver como muitos dos nossos amigos, da juventude, igrejas mobilizados para fazer parte deste evento .. Ele tem o potencial para ser ENORME!

Ao longo do dia e da semana estaremos fazendo o que pudermos para ajudar a espalhar a palavra, precisamos da sua ajuda .. Os locais serão anunciados em breve, tambem como conseguir os ingressos e como obtê-lo em um cinema perto de você. Bem como os pré-lançamentos exclusivos, de modo a manter check-in para o Web site .. Seja tão criativo como você gostaria de começar a palavra para fora .. Compartilhe suas idéias com a gente .. E vamos juntos ver a Igreja se unir com um único nome, o de Jesus e torna-lo famoso.

Agradecemos a Deus por todos os nossos amigos ao redor do mundo que têm partilhado a viagem unidos a nós ao longo dos últimos anos. Estamos vivendo em dias incríveis, e nós estamos apenas começando. Eu não sei de onde tudo isso é liderado .. Mas eu estou convencido de que, se todos nós escolhermos a nossa parte e continuarmos a trabalhar juntos em amar a Deus e amar os outros com toda a força, que não há fim para as Glorias que podemos ver estabelecidas para o Brasil e para a glória do nosso Deus nas vidas das pessoas.

Quanto a parte 3 ....?? Wooo!
AMOR.

04 setembro 2009

Roejully


Roejully
Upload feito originalmente por rodrigo_ror
Acabei de Gerar esta imagem para identificar minha gatinha e eu. Está bastante simples e feminino, mas faço esse esforço pela Ju. A partir de agora estamos alterando nossa logo para este simbolo. Gostaria que todos estivessem observando, pois será desta forma que nos identificaremos daqui em diante. Agora criaremos o usuário de Twitter roejully e demais redes sociais importantes para que possamos nos divulgar. Iniciei meu planeta de SongWriter (Escritor de Musicas) e a Ju voltou com força a estudar o violino. Estou estudando também contrabaixo e violão/guitarra. A Ju tem se dedicado a Estudos de voz e posicionamento de palco.
Jesus, como estamos fazendo coisas. Mas nada seria útil se não estivéssemos nos dedicando a Deus, primeiramente. Tenho lido bastante sobre bandas, biografias e estudos de pastores conhecidos e renomados.
inclusive aqui vai uma sugestão de leitura, ou várias sugestões:
Leia gratuitamente os livros do pastor Márcio Valadão

Fiquem na Paz do Senhor!

03 setembro 2009

Músicas do Hillsong em Portugues

Noticia Rápida
Existem Muitas bandas que gravam versões do Hillsong, já ouvi várias, ja até escrevi minha propria versão da música No Reason To Hide, ficou bem legal.
Mas vi esta gravação no youtube e percebi que o pessoal desta filmagem tem futuro, eles só precisam criar um canal para eles e divulgar mais o trabalho. "Lembre-se: Tudo quanto tem folego Louve ao Senhor."


28 agosto 2009

UMA PARTE DA MINHA VIDA

As vezes nós reclamamos por não ter tempo para nós. Eu vivia assim reclamando que não tinha tempo, Rodrigo e eu trabalhava quase a semana toda na igreja, e as vezes eu me sentia sufocada com tudo isso, via que não tinha vida.
Estou passando por uma fase financeira muito difícil, temos que cortar todo tipo de gasto, de bobeiras a combustível entre outras coisas.Nesse mês decidimos segurar o máximo que puder, porque as contas estão aumentando, e temos que acertar isso.Estamos apertado porque eu sai de um emprego que pagava o dobro do que ganho hoje, estava ficando muito doente lá, não tinha saída.
Uma das decisões é cortar alguns trabalhos que fazemos na igreja, um deles é os ensaios técnicos de sexta com a equipe de louvor e cultos nas terças, tivemos que escolher um dia da semana para ir na nossa igreja e domingo, mais do que isso não podemos, pois estamos gastando muito com combustível, não estamos conseguindo pagar.Um pedaço de mim eu entreguei ontem, quando tive que avisar ao grupo de louvor que Rodrigo e eu não poderíamos estar muito presente, abriu um vazio no meu coração e uma tristeza muito grande.Aquele tempo que eu reclamava agora tenho por não poder ir a igreja, mas agora vejo que não quero mais esse tempo, quero minha vida com Deus, sempre que der.

26 agosto 2009

Um nome para um ministério

 
Olá povo de Deus. Uma coisa que tem tirado o meu sono é o nome para o ministério que participo. Varios nomes já foram aprovados, mas ja existiam, até postei os que sobraram, mas não passaram pelo crivo criatividade. Sei que o ministério com nome ou sem, está meio parado. Queria colocar um nome para começar a dar nome aos bois. Agora tenho medo de que este nome venha a separar aqueles que já estão devagar. Meu objetivo com este nome é transpor barreiras criadas pelo diabo. É fazer o ministério crescer exponencialmente, através de estudos e pratica profissional. Eu sou fã do trabalho de Joel Houston que batalha por um movimento e não por um ministério. A idéia aqui é criar um movimento adorador. Algo que inicie no coração de cada um e se dirija constantemente para o coração de Deus, para as boas obras, para as pessoas que não conhecem a Deus.
Bem temos uma idéia, mas como chamar este movimento? Este movimento é para mudar vidas, mudar certezas que muitas pessoas deste mundo tem. Gerar a certeza da vida em Cristo. Mostrar o que Cristo fez comigo e com os outros integrantes da equipe. É mostrar algo grande, algo que só vem de algo superior, que só pode ter vindo do coração de Deus.
Hoje é um dia mais tranquilo para mim.. Somente tenho que lavar louça! rs, mas vou orar e pedir a direção de Deus. É um projeto para Ele, vindo do coração Dele, para atingir os nossos corações.
Vamos orando e trabalhando, cada vez andando mais, para que Deus possa nos abençoar com um nome e um ministério sólido e firmado em Cristo.
Até mais,
DTA!

25 agosto 2009

MINISTÉRIO E VIDA


Hoje acordei meio tristinha, anda acontecendo algumas situações no ministério que eu trabalho junto com o meu marido. Peço para Deus me mostrar o que deve ser feito,que me dê entendimento sabe, porque meu coração está muito triste.
Rodrigo e Eu começamos um trabalho com o ministério de louvor da nossa igreja, começamos a caminhar e crescer, mas de uns tempos pra cá ninguém leva a sério o compromisso que fez primeiramente com Deus e depois com o grupo.Vai completar 1 ano que eu casei e o tempo que o Rodrigo tem pra ficar comigo ele fica no computador estudando se dedicando para que o ministério desenvolva. Marcamos reuniões mas o pessoal não vai. As vezes fica difícil separar as coisas, sou humana também né, tenho vontade de juntar todo mundo e falar ACORDAAAA, olha que vocês estão fazendo, se acham que está difícil, pode ficar pior se não honrar seu compromisso com Deus, o Diabo ta ali do lado só esperando você vacilar para ele pisar. Mas as vezes as pessoas não querem ouvir isso porque da trabalho, tem que abrir mão de muita coisa, ai eu acabo ficando com medo de quebrar o ministério, porque nem sempre a verdade é aceita né.

24 agosto 2009

Entrevista com Joel Houston (Hillsong United)


A seguir uma transcrição de uma entrevista dada por Joel Houston, lider do Hillsong United, em 2007 para a revista eletrônica Christianity Today no Blog. Leiam e veja como esta entrevista está atual, independente do ano em que foi realizada.

Vale lembrar que o ministério Hillsong United vem ao Brasil em 13 e 14 de Novembro e farão shows em Porto Alegre e São Paulo. Há uma caravana da Juventude Batista do ConeLeste que você pode se inscrever e fazer o depósito para ingressos mais baratos. Para Saber mais, clique aqui.

Considerando quão cheia a “cena” do louvor contemporâneo americano se tornou, seu grupo tem mantido uma crescente na popularidade. Como vocês chegaram a esse ponto?

Joel Houston: Consistência. Apenas “fazendo”. Nós até não nos vemos como uma banda tanto quanto como parte de um movimento – Eu acho que talvez até como o bocal pra isso. Tudo isso se inicia em casa, com nossa igreja, a comunidade local. Agora que nós viemos para os EUA e nos unimos com as pessoas aqui e ao redor da Terra (nós estamos descobrindo), que nós compartilhamos a mesma fé, a mesma paixão, o mesmo coração. O que nós estamos fazendo é fluir. Eu não acredito que seja algo que fazemos por 5 anos, e depois o United se torna dispensado. Idealmente é algo que continua, algo que a gente constrói no decorrer do tempo.

Seu impacto continua a ganhar impulso enquanto conversamos. Você acredita que um dia irá se tornar tão grande que vocês não saberão como lidar com isso?

Houston: Eu acredito que com certeza existem certas coisas que devemos pensar a respeito. Mas nossa esperança é manter o mais importante sendo o mais importante. E se o mais importante é criar musicas que pessoas possam cantar em igrejas e que jovens possam se conectar a Deus através delas, eu acho que está bom. Contanto que estejamos sempre mantendo o compromisso com o chamado que temos de servir a igreja e continuar sendo esta nossa base para o porquê do que fazemos. Nós podemos estar em turnê 365 dias por ano, mas nós não estamos, porque este não é nosso chamado. As gravadoras irão dizer para nós fazermos isso porque isso ajudará a vender mais álbuns. Mas no fim do dia, não é o que fazemos.

Então estar no topo das paradas não é a de vocês.

Houston: O desejo é alcançar o máximo de pessoas possível, então isso é provavelmente demonstrado quando mais pessoas compram os álbuns. Mas esse não é o negócio que estamos fazendo. O que estamos fazendo é alcançando o máximo de pessoas que podemos com a mensagem que temos.

Você mencionou seus fortes laços com a igreja local. Quem coloca as limitações em quanto de autonomia vocês têm em termos de turnês e compromissos externos?

Houston: É muito amável o quanto não queremos estar fora – nós não queremos perder muito. Nunca existem conflitos. Isso é realmente uma bênção da nossa liderança e pastores titulares, que tem a palavra final. Se tem alguma coisa que sentimos que será algo bom de fazer, nós dizemos “Nós vamos estar fora esses dias. Vai funcionar com o calendário da igreja?” Antes mesmo de checar, antes mesmo de perguntar, nós olhamos o que vai estar rolando na igreja: Quem está fora, que esta em casa. Então, todos trabalham juntos para resolver essas coisas.


Joel Houston (o primeiro à direita), líder do Hillsong United.

United levantou uma aprovação dos jovens, em parte devido à seus shows eufóricos ao vivo e momentos poderosos de adoração. Como você tem certeza que o aspecto do show de rock não obscureça o contexto de adoração?

Houston: Para nós, é sendo realmente você mesmo. A idéia é que o Espírito Santo faz o seu trabalho e, contanto que estejamos no lugar correto, as pessoas vêem isso. Muitas pessoas vêm aos nossos shows com críticas, mas saem com uma perspectiva diferente – ao longo da noite eles notam a diferença. Ocasionalmente, você irá encontrar uma audiência que você sente que a atenção dela está em tudo que acontece em cima do palco. Especialmente na América do Sul – é uma cultura bem intensa, mais do que nos EUA. Mas depois da quarta ou quinta música, nós dizemos “Ok galera, é por isto que estamos aqui”.

Muitas vezes o Espírito Santo faz esse trabalho para nós. Mas a chave é apenas ir para este lugar você mesmo. Às vezes as pessoas tentam colocar máscaras – tipo que eles querem parecer espirituais, ou seja lá o que for. Mas para nós é tipo: “Tire as máscaras. Deixe que as pessoas vejam-nos verdadeiramente adorando.” Porque sendo transparente, as pessoas podem ver Deus em nós. Essa é a nossa mentalidade.

Com tantos fãs que adoram o trabalho do United, existe em algum momento a tentação para você se tornar
o foco da adoração?

Houston: Sempre existe aquela tentação, com certeza. A natureza humana é egocêntrica. Você vê o tempo todo na indústria de música Cristã – as pessoas desviam o foco para si mesmas. É uma grande ferramenta do inimigo. Mas nós temos uma incrível rede de suporte. Nós somos todos muito honestos um com o outro. Eu acho que o que é muito bom para nós é que a força de quão grande isso tem se tornado, é tão maior que qualquer um de nós individualmente. Contanto que as pessoas tragam o que elas têm – a soma das suas partes multiplicada pela Graça de Deus – então é uma oportunidade verdadeiramente nobre.

O seu chamado é escrever músicas que a igreja possa cantar. Mas o novo álbum All of the above é mais focado em missões do que congregacional, em estilo de escrita. Por quê?

Houston: A minha revelação de adoração aponta para fora. Se nós somos uma verdadeira banda de adoração, eu sinto que nós devemos comunicar ambos: precisamos escrever músicas que glorifiquem a Deus liricamente, mas também escrever músicas que glorifiquem a Deus na maneira que vivemos nossas vidas. As pessoas falam dessa revolução de adoração que ocorreu nos últimos dez anos que era focada apenas em adorar a Deus em música. Saindo deste período, eu acho que o testemunho é que nós seremos julgados em como a igreja viveu em relação a se tornar as mãos e os pés de Jesus e ajudando os necessitados. Essa é uma revelação que tem sido muito forte para a nossa igreja. O que nós fazemos na música é um reflexo do que vivemos em casa.

Fale sobre o “I Heart Revolution”.

Houston:
É tudo sobre criar um retrato global de cultura e pessoas vivendo vidas verdadeiras – circunstâncias diferentes, raízes diferentes, mesmo assim vivendo para o mesmo Deus, para a mesma causa. A idéia toda é motivar a igreja local em relação a o que eu estava falando agora a pouco: amar a Deus na música e com as nossas vidas, mas também viver isso de uma maneira que atinja e contagie a nossa comunidade. O conceito inteiro é: se jovens da Austrália se estimularem em relação à adoração e a atingir a sua comunidade, e se jovens da América do Sul fizerem o mesmo, se isso acontecer por todos os lugares, então a igreja ao redor do mundo, junta, poderá buscar iniciativas maiores.

Que tipo de iniciativas maiores?

Houston: A mensagem toda é, na verdade, sobre virar as costas para o individualismo e não viver vidas focadas somente nelas mesmas. Nós vemos como isso é relevante para qualquer contexto e qualquer cultura. Como adoração e justiça se relaciona a jovens na América do Sul, ou como adoração e justiça se relaciona a jovens aqui nos Estados Unidos. O aspecto do movimento de juntar recursos para igrejas locais e jovens para fazer coisas que são muito simples, e ao mesmo tempo grandes. Em resumo, é ajudar pessoas que precisam ser ajudadas – foco local, impacto global.

A cultura adolescente, em geral, é muito materialista e individualista. Como fazer a geração IPod adorar por ações de serviço?

Houston: Eu acho que esse é o maior desafio para a nossa geração. Minha revelação de adoração é “Amar a Deus, amar as pessoas”. Isso é doar de si mesmo, ser obediente, sacrifício. Esse é exatamente o oposto do individualismo, o oposto de desviar o foco para si mesmo. A ferramenta número um do inimigo é criar uma igreja de Cristãos que é feliz, complacente e contente. “Ótimo serviço, eu me diverti muito, eu adorei a música.” Isso é ser Cristão para muitas pessoas.

Tudo na nossa cultura é focada para o indivíduo. Tudo aponta para você. Digamos, hipoteticamente, que eu quisesse seguir carreira solo. Isso iria se opor diretamente com o que eu penso que Deus realmente quer que eu faça. Não me entenda errado. Não estou dizendo que o chamado de alguns não seja seguir carreira solo, e todos lutam entre seu chamado e seus sonhos. Eu mesmo lido com isso todos os dias, e combato. Mas se os jovens tivessem que entender que a nossa caminhada da fé é uma decisão diária para fazer esses sacrifícios – se nós entendêssemos isso e vivêssemos isso, então a igreja seria o que ela verdadeiramente foi chamada para ser.

Ricardo Oliveira
traduzido por: Bruno Paes e Melina Rachel
Matéria extraída de: Diversitá.blog
Fotos: Hillsong United Brasil

20 agosto 2009

Blog da Brooke Fraser


Encontrei algo que pode trazer um benefício imenso para a vida cristã e vida "Musical" de todos os grupos de louvor, o blog da Brooke! Ela comenta muito sobre SongWriting ( escrever musicas) e pode ser uma ótima idéia para quem sonha em escrever canções voltadas ao coração de Deus.

O blog está em inglês, mas se vc não entende muito, use o googletradutor no site da google.

Ela começa falando sobre como escrever musicas. Ela inicia dizendo que realizará uma divisão nos estudos sobre o assunto. Esta divisão é: Climate, Process e Release.

"Neste blog eu vou discutir a base sobre a qual as músicas são construídas. Quer você goste ou não, há um, e é você. Sua visão do mundo, suas motivações, o seu 'questões' estão indelevelmente marcado sobre tudo o que você criar em sua vida - quer se trate de uma canção ou uma conversa ou um Piu. Consciente do seu headspace e interna-ambiente vai um longo caminho para compreender porque é que são ou não escrito o tipo de músicas que você deseja." Brooke

19 agosto 2009

Hillsong Brasil 2009

Uma novidade que não é mais novidade!
Um grupo modelo, que anima, e que vale a pena trabalhar pra ser igual?
Passei um tempo pensando que talvez se tivessemos as equipes de Louvor de todas as igrejas iguais as equipes presentes na igreja de Hillsong, talvez nosso Brasil estivesse totalmente voltado ao Senhor.
Mas se pararmos pra pensar friamente, nossos tempos são diferentes, temos culturas diferentes. Existe muitos pontos positivos que deveriamos estudar e fazer melhor que eles, mas tem muitas outras coisas que talvez não devêssemos nem chegar perto.
Algumas coisas que deveriamos copiar é o profissionalismo. No Brasil, levita se mistura a palavra voluntario, o que não acontecia no passado biblico. Mas guardada as devidas proporções (de tamanho e arrecadação) as nossas igrejas comuns, não pensam seriamente em manter uma equipe dedicada continuamente a adoração e louvor. Em caso de voluntarios, a equipe pode até crescer, mas quando chega alguém realmente bom, que poderia levar a equipe a plenitude tecnica e até espiritual, esta pessoa só será reconhecida FINANCEIRAMENTE se não houver mais missionários, seminaristas, grupos, casas que devotem atenção da diretoria.
Mas onde está o erro? Nossa cultura diz que existem 2 áreas : O Mundo Gospel e o Secular.
Se trabalhamos para uma operadora de telemarketing secular, tudo bem, porém se trabalhamos para uma gravadora secular somos crentes ruins. É cultura. E para isso mudar, muitos terão que enfrentar isso.
No Exterior, não existe diferença. Eu gostaria muito de trabalhar numa empresa Gospel! fazendo coisas Gospel e sendo Gospel! Principalmente Levita.
Hoje tenho estudado composição, eventos, e informatica profundamente. Tento crescer de todos os lados que me foram entregues. Tento aprender com quem tem muita experiencia (Hillsong) e não cometer os mesmos erros durante o processo de Crescimento. A igreja local, a missão e a SEDE, deve pensar em um todo, no conjunto, mas isso é tema pra uma proxima postagem.
Fiquem na paz!

11 agosto 2009

Estudos e Musicas Novas

Então. Esta semana percebi que estou fazendo minhas "crianças" aprender devagar demais. Pois é, eu dando comida na boquinha e eles quando ficam sozinhos, fazem até churrasco. Vou contar o ocorrido:
Meu carro estragou, então não fui a aula de vocal e nem a aula de instrumental, pedi pro meu irmão dirigir o instrumental e ensaiar uma nova musica, e pedi pra minha Esposa dirigir o ensaio vocal, ensaiando esta musica com um playback. Para minha surpresa, a musica ficou tão boa, que já entrou na lista de musicas do domingo seguinte ao ensaio. É a musica Cura-me da Fernanda Brum. Fiquei pensando: "Quanto tempo perdemos por não deixar eles se virarem". Enquanto eu estava ali ensinando e treinando, eles estavam acomodados. Mas eu fiquei de longe 1 semana e pronto, saíram do casulo como sendo uma grande borboleta. Agora estou num dilema: Ponho eles pra fazer e se coçar e faço outras coisas? ou continuo tentando fazê-los crescer, ministerialmente e tecnicamente?
Bom, pensando estudando as possibilidades, percebi que preciso deixá-los caminhar. Mas com acompanhamento de perto. No máximo 2 ensaios para cada musica. Usando esses ensaios para acertar coisas que ainda faltam de "experiência" para eles.
Vou mudar o foco agora. Iniciarei a busca por textos e estudos, e farei uma ordem para as próximas musicas que treinaremos.
A Comunidade Cristã começará a ver o que realmente importa agora, através da vida destes "Novos Levitas". Vou falar sobre eles num próximo post.
Hoje sei, que é preciso crescer na palavra, antes de crescer tecnicamente ou no ministério. Agora Cristo vai nos falar pra onde devemos ir com todo esse gás.
Até a Próxima.

16 julho 2009

Coisas de Adorador

Então,
Casei, faz quase um ano, e desde entao nao consegui mais gerar nada que não fosse, do trabalho ou de casa. Agora to começando um twitter "rodrigoror" e um gengibre "rodrigoror", mas não tenho microfone no micro ainda... Ficou dificil pro gengibre. Postei bastante coisa da FCCR enquanto estavamos no Festidanca. Agora no Festivale, vou postar outras coisas... Porém este Blog, foi criado para outras coisas.. outros fins, como o meu casamento. Vou mostrar aqui os passos que estamos seguindo no ministerio de Louvor, no ministério de Adoração e nas Atividades que estamos desenvolvendo na igreja. Farei relação de tudo o que eu escrever aqui, com coisas bastante engraçadas e ainda colocarei cronicas do dia a dia do novo casal.
Esta semana, vamos comprar 2 Projetores multimidia. Estou pensando no Epson S6+, se meu pastor achar que é esse, fechamos.
Depois do Monitor, vou começar a comprar cabeamento para alterar o layout do palco da igreja, ja baixei o Google Sketup para brincar em casa... peguei modelos ... rsrsrs... agora é diversão.
Nosso Grupo de louvor está a procura de um nome. Estamos divididos entre Ministério DAHARA e Ministério de Adoradores.
Por hoje é só. Esta semana ainda posto novamente falando mais sobre o ministério.
Até lá!